Estudo da pele desidratada , 2011

Centro de ensaios

Laboratório de Fotobiologia da Universidade de Medicina da África do Sul.

1º Estudo

Objectivo

Para avaliar a eficácia de uma única aplicação do Bi-Oil para melhorar o funcionamento e a hidratação da barreira do estrato córneo (SC).

Amostra

Sujeitos: 40 participantes femininas de variada etnicidade. Local de teste: os produtos foram aplicados no antebraço de todos os sujeitos.

Metodologia

Avaliação da hidratação da pele através de um corneômetro como medida principal, avaliação do funcionamento da barreira com um vapometer com medida secundária. Os membros do painel lavaram os antebraços com sabão 2 horas antes de as medidas serem realizadas. Foram realizadas medições instrumentais de linha de base. Bi-Oil e um óleo de referência foram então aplicados a locais diferentes no antebraço de todos os sujeitos. As medições foram feitas de novo imediatamente depois da aplicação do produto, bem como duas horas mais tarde, antes e após a limpeza dos produtos. Um local de controlo não tratado foi também medido nos mesmos intervalos de tempo.

Resultado

Imediatamente após aplicação, ambos os óleos reduziram a perda de água trans-epidérmica (TEWL) em comparação ao controlo sem tratamento. O aumento nos calores de capacitância da pele, no ponto de 2 horas pré-limpeza apresentava hidratação da pele para ambos os óleos. Duas horas mais tarde, depois da limpeza dos óleos da superfície da pele, o Bi-Oil apresentou um aumento reforçado dos valores TEWL, em comparação ao óleo de referência, o que indica um aumento na libertação da humidade e, por tanto, aumento na hidratação da pele.

2º Estudo

Objectivo

Para avaliar o efeito da aplicação do Bi-Oil duas vezes ao dia no desempenho da hidratação e do alívio na pele seca.

Amostra

Sujeitos: 25 participantes brancas do sexo feminino. Local de teste: os produtos foram aplicados à parte exterior e inferior da perna de todos os sujeitos.

Metodologia

Sabão foi utilizado para induzir a pele seca durante um período de 7 dias. Bio-óleo e um óleo de referência foram aplicados duas vezes por dia. As avaliações foram feitas na pele, nos dias 1 e 3. Avaliações visuais foram realizadas por um avaliador qualificado usando uma lupa de ampliação de 2x. Um local de controlo não tratado foi avaliado em todos os intervalos de tempo.

Resultado

Tanto o Bi-Oil e o óleo de referência melhoraram a secura da pele em comparação com o controle sem tratamento. Bi-Oil foi estatisticamente superior no dia 3. Melhoria significativa na aparência visual dos sítios da pele tratados com o Bi-Oil confirmaram a sua eficácia no alívio da pele seca.