Estudo sobre cicatrizes, 2005

Centro de testes

Laboratório de Fotobiologia da Universidade de Medicina da África do Sul.

Objetivo

Avaliar a eficácia de Bi-Oil na melhoria da aparências de estrias.

Amostra

Público: 20 mulheres. Faixa etária: 18 a 55 anos. Local da estria: abdômem.

Metodologia

Cego (avaliador), aleatório e controlado. Design de estudo emparelhado que permite comparação intra-indivíduos. Os indivíduos tinham estrias abdominais bilaterais, permitindo um design de estudo em meio-abdômem. Produto aplicado duas vezes por dia durante 12 semanas na área em questão. Aplicação feita sob supervisão em intervalos regulares. Avaliações realizadas na semana 0, semana 4, semana 8 e semana 12.

Resultado

Bi-Oil melhorou a aparência de estrias tanto em avaliações objetivas como subjetivas. 50% dos indivíduos registraram uma melhoria de aparência na semana 8.